• Rede de Pesquisa

  • O Projeto

    O rompimento da barragem de resíduos de mineração da Samarco em 2015 comprometeu o fornecimento de água ao longo de 640 km do curso do Rio Doce afetando comunidades junto ao rio e à sua foz. Embora este desastre configure uma conjuntura crítica que demanda profunda atenção das autoridades competentes, elas não têm apresentado ações suficientemente amplas que atendam as reivindicações da população atingida.

     

    Tendo isso em vista, o projeto nº 88881.118026/2016-01 da CAPES-FAPEMIG-FAPES-CNPq-ANA tem como objetivo implementar uma tecnologia social de governança participativa destinada melhorar a interação governo/sociedade visando à recuperação sócio-econômica-ambiental das comunidades capixabas que vivem a partir do Rio e do Mar, hoje impactados com rejeitos de minérios.

     

    Nosso objetivo é contribuir, ao lado dos atingidos, à elaboração coletiva das soluções para os problemas decorridos do desastre e à geração de informações de qualidade com intuito de subsidiar a tomada de decisões relativas à recuperação socioeconômica e ambiental de comunidades localizadas na Bacia do Rio Doce no estado do Espírito Santo.

  • A Rede

    ComRioComMar Rede de Pesquisa é uma rede interinstitucional de pesquisadores na área de ciências humanas que trabalha em projeto sobre o desastre socioambiental ocorrido no Rio Doce. A partir da chamada CAPES-FAPEMIG-FAPES-CNPq-ANA nº 6/2016 o Projeto nº 88881.118026/2016-01 tem promovido um enfoque analítico-científico sobre a questão, bem como coordena a implantação de uma tecnologia social de governança participativa local.

     

    Participam dessa iniciativa as seguintes instituições:

  • Eixos de Pesquisa e seus objetivos

    São objetivos do projeto,

     

    (i) compreender as mudanças na atuação da sociedade civil, analisando, entre outros, movimentos sociais, meios digitais e populações tradicionais (quilombolas e indígenas);

     

    (ii) analisar como o desastre altera as capacidades técnico-administrativas nos três níveis de governo (federal, estadual e municipal);

     

    (iii) avaliar o alcance da cooperação intergovernamental e como as políticas setoriais e os direitos das minorias estão sendo afetados pelas relações intergovernos;

     

    (iv) mapear as redes de relacionamento entre Estado e as instituições da sociedade civil antes e depois do desastre;

     

    (v) analisar o uso da tecnologia de governança participativa e sua articulação com outras redes de participação institucionalizadas.

  • Pesquisadores

     

    Atualmente a rede conta com 32 pesquisadores (desde professores-doutores a graduandos bolsistas de Iniciação científica) de 9 instituições de pesquisa nacionais. Conheça os coordenadores:

    acesse o lattes

    Adrian Gurza Lavalle, Coord.

    Universidade de São Paulo (USP)

    Coordenador Geral e do Eixo de Pesquisa sobre Governança Participativa

    acesse o Lattes

    Euzeneia Carlos, Coord.

    Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

    Coordenadora do Eixo de Sociedade Civil.

    Pesquisadora no subprojeto Movimentos Sociais,, mobilizações e redes de ativismo.

    acesse o lattes

    Monika Dowbor, Coord.

    Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos)

    Coordenadora do Eixo de Políticas Públicas

    acesse o lattes

    José Eduardo Leon Szwako, Coord.

    Instituto de Estudos em Sociais e Políticos (IESP-UERJ)

    Coordenador do Eixo de Capacidades Estatais

    acesse o lattes

    Maria do Carmo Alves de Albuquerque, Coord.

    Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap)

    Coordenadora do Eixo de Capacitação

    Pesquisadores Doutores

    Aloisio Ruscheinsky (Unisinos)

    Ana Paula Galdeano (Cebrap)

    André Ricardo V. Vasco Pereira (UFES)

    Antônio Cesar M. da Silva (FACELI)

    Domitila Costa Cayres (UFES)

    Fábio Gouveia (Labic/UFES)

    Fábio Malini (Labic/UFES)

    Frederico Viana Machado (UFRGS)

    Júlia Moretto Amâncio (UFLA)

    Laura Cecília López (Unisinos)

    Larissa Magalhães (UFES)

    Lizandra Serafim (UFPB)

    Luciana Andressa M. de Souza (UFES)

    Maira Rodrigues (CEM/USP)

    Marta Zorzal e Silva (NEPCS/UFES)

    Paulo M. D’Avila Filho (IESP-UERJ)

    Roberta Carnelos Resende (Unisinos)

    Sandro José da Silva (LAPSO/UFES)

     

     

    Pesquisadores Júnior

    Alexsander Fonseca de Araújo (UFES)

    Ana Luísa Martins Loures (UFES)

    Caio Filipe Ribeiro Freitas (USP)

    Carla Baranzini Egydio (USP)

    Diovana Renoldi Vieira (UFES)

    Elvis Xavier (UFES)

    Fernando Peres Rodrigues (Cebrap)

    Giordana Carvalho (USP)

    Guilherme de Jesus Vidal (USP)

    Igor Amaral (Unisinos)

    Lorena Pinheiro Martins (UFES)

    Marlos Brocco (UFES)

    Monique Greice Malta Cardoso (UFES)

    Paolo de Souza Silva (UFES)

    Pedro Alves Gomes (UFES)

    Priscila Dias de Casado Lima (UFES)

    Raquel Saraiva Christo (UFES)

    Rebeca F. Tavares (UFES)

    Ricardo Aiolfi (UFES)

    Rodrigo Dresch (Unisinos)

    Tecnologia Social

    Andre Leirner

    www.priorize.net

    www.p0p.com.br

     

    Colaboração

    Juan Meleiro, IME-USP

    Irina Lerner, CCM-USP

     

All Posts
×